Posts Tagged ‘Umbria’

Toscana – Itália Ago.2009 – Part.3

janeiro 19, 2010

Em meus últimos dias na Itália visitamos cidades maiores e mais famosas do que as que vimos até aqui. Siena foi a primeira delas. É belíssima, os prédios antigos são lindos e as ruas estavam bem movimentadas. Entramos na Basilica de San Domenico, onde está a cabeça e o dedo indicador da santa padroeira da cidade, a Santa Catarina. A área dedidaca a ela é lindíssima, cheia de pinturas. Mas não consegui tirar foto porque o padre me deu uma bronca e ficou vigiando. rs

Prédio com cabeças

Basilica de S. Domenico

A catedral de Siena lembra a de Orvieto e guarda tesouros incríveis. O piso é repleto de desenhos feitos com pedras recortadas, tipo mosaico. A nave da catedral é adornada com dezenas de bustos de Papas e imperadores, além de esculturas e afrescos maravilhosos. O que me impressionou muito também foi o acervo de manuscritos com iluminuras, que eu já tinha ouvido falar em algumas aulas na faculdade de design. Não podia imaginar que um dia veria vários deles tão de perto e muito bem conservados. É tanta coisa ali dentro que eu mal sabia pra onde olhar primeiro. O valor da entrada é 6 euros.

Catedral de Siena

Piso da catedral

Nave da catedral

Iluminuras!

Compramos algumas coisas numa pasticceria e fomos comer na Piazza del Campo. É lá onde acontece a famosa corrida do ‘Palio’, que é uma corrida de cavalos e acontece em Julho e Agosto. Aliás, o bairro campeão ainda estava comemorando a vitória nesse dia. A praça é em formato de concha e tem umas construções enormes ao redor, incluindo uma torre de uns 100m de altura.

Piazza del Campo

Piazza del Campo

Assistimos o show da banda setentista L’aria, na praça San Francesco. Foi muito bom! Depois voltamos a Piazza del Campo pra tomar um pouco de vinho antes de ir embora. Lutando contra o sono, um tentando manter o outro acordado, conseguimos voltar de madrugada para Gioiella.

Na tarde seguinte fomos a Arezzo, cidade que foi cenário do filme ‘A vida é bela’. As ruazinhas são um charme, a praça principal é linda, mas o que me chamou bastante atenção também foram as roupas de inverno em liquidação nas vitrines das lojas. Cada uma mais linda que a outra!

Sobre o filme

Arezzo

Arezzo

Perugia, na região da Umbria, foi a maior e a última cidade que eu visitei. Durante a viagem, nas cidades cheias de subidas e descidas eu sempre dizia que deveria ter nesses lugares um elevador ou escadas rolantes. E finalmente, na última cidade visitada, meus pedidos foram atendidos! \o/ Em várias partes há escadas rolantes que vão pro centro histórico. É alucinante você entrar numa área bem moderna, que parece um entrada de metrô, pegar a escada rolante e ir parar no meio daquelas construções antigas. Perugia é enorme e a vista que se tem lá de cima é maravilhosa!

Benvenuti!

Perugia

Vista lá de cima

O dia seguinte foi bem tranquilo em Gioiella e Chiusi. Como foi comum durante toda a viagem, comi muito nesse dia. Aliás, acho que a Itália é o lugar do mundo onde se come melhor (como se eu conhecesse o mundo todo…). Quanta comida gostosa eu provei (eufemismo!) nesses dias maravilhosos de verão, vou sentir saudade sempre.

Conhecer parte da Itália que não está nos guias de viagens foi incrível. Sempre me pegava boquiaberta vendo aquele mundo novo pra mim, segurava o queixo, mas logo me esquecia assim que via outra coisa nova e lá estava eu de boca aberta de novo, como uma criança.

Às 9h da manhã seguinte, chegamos no aeroporto de Roma que estava um caos. Fiquei até 10h na fila do check-in e o voo ia atrasar uma hora. Esperei umas duas horas até o embarque. Viajando de dia, finalmente pude ver a paisagem lá de cima. A rota passava pela Sardenha, que de cima forma um mosaico lindo nas áreas de plantação. A Espanha também é cheia desses mosaicos, mas é mais avermelhada, enquanto a Sardenha é mais verde.

Sobrevoando a Espanha

Cheguei em Lisboa às 15h30, como o voo sairia às 16h, corri feito louca até o portão de embarque e só então descobri que o voo atrasaria meia hora. Alguma coisa me dizia que isso não ia dar certo… Chegando em Recife perto das 20h30, recebi a linda notícia de que minhas malas tinham ficado em Lisboa. Sabia que isso ia acontecer comigo! rsrs A TAP me entregou em casa dois dias depois e elas estavam inteiras! Ufa…

Anúncios