RN Mar.2009

Um fusca, 2 malucos e o mundo… Saímos de Olinda as 4h da manhã. Já perto de João Pessoa,o fusca deu o primeiro problema. A luz da bateria acendeu e quando o eletricista de um posto de beira de estrada foi medir a voltagem, o aparelho ficou doido. Diagnóstico: só andando pra saber o que é.

Já no Rio Grande do Norte, acho que umas 9h, paramos em São José de Mipibu pra tomar o café da manhã. A cidade é bem bonitinha e no centro da cidade há o ‘centro turístico cultural’. Nesse espaço tem apenas 2 boxes onde funcionam lanchonetes, apenas 1 estava aberta. Aí você se pergunta ‘o que tem de turístico e cultural nesse centro?’. Eu respondo: o suco de acerola! O mais gostoso que eu já tomei na minha vida!

Às 11h, chegamos em Maracajaú, que fica bem depois de Natal, para almoçar. Os nativos mostraram a área que David Beckham comprou à beira mar pra construir um hotel de luxo. Vai estragar o lugar! Maracajaú e as praias próximas são muito lindas.

Subindo, em direção a Touros, pegamos uma entrada que segundo a sinalização iria pra Rio do Fogo. Mas acabamos entrando numa área onde se produz energia eólica… Já perto da cidade, o fusca deu problema de novo. Em Rio do Fogo, um mecânico muito do entendido deixou o fusquinha zero bala! No meio da tarde uma parada em Perobas pra um mergulho no mar. Lugar muito simples e maravilhoso! Um dos nativos era um pastor alemão muito simpático que mora num restaurante na beira da praia.

Perobas

Finalmente chegando em Touros, que era inicialmente o destino final do primeiro dia, não gostamos muito de lá. Pra passar a noite, resolvemos subir mais um pouco até São Miguel do Gostoso. Chegamos lá já era quase 18h. Pra achar uma pousada foi difícil, as que fomos estavam lotadas, com reservas para um grupo de Garanhuns e Caruaru que estava fazendo trilha, rali ou sei lá o que, por lá… Acabamos ficando na pousada Lagoa Mar, de uns portugueses. Muito bonita mas também muito carinha…

No video um pouco da paisagem do primeiro dia, o caminho errado e o fusquinha chegando a 120km/h!

Pela manhã, depois de muitas discordâncias de opinião de algumas pessoas sobre a estrada de barro que vai direto a Parazinho, resolvemos encarar. A outra opção seria voltar a João Câmara, muitos quilômetros e horas a mais de viagem. Fizemos muito bem, o caminho é inacreditável!! Por toda a estrada há milhares de borboletas, nunca vi tanta borboleta junta! E quando o carro chegava perto, elas voavam sobre a gente. Alucinante! No meio do caminho também alguns povoados. O vídeo na parte das borboletas tá meio louco, acho que fiquei tão abestalhada que não sabia nem como fazer. rsrs

Passamos por Parazinho e fomos almoçar em Pedra Grande. Pra ir a Galinhos, passamos por São Bento do Norte e em Caiçara poderiamos ir direto pela praia não fosse a maré enchendo… De novo as mesmas opções: estrada de barro ou voltar por João Câmara pra pegar a BR. Já tinhamos passado por uma, encaramos a segunda! Percorremos uns 15km em estrada de areia fofa no meio do nada, raras fazendas no meio do caminho, até nos depararmos com um atoleiro. Paramos pra analisar… Paolo disse que dava pra passar, eu atravessei a pé pra ter menos peso no carro. E quase que ele passava, quase mesmo! Já perto da margem o fusca atolou. A gente no meio do nada, trovões anunciando uma forte chuva chegando, e o jeito foi voltar todo o caminho a pé. Mas como toda desgraça não vem sozinha… fomos perseguidos por mutucas (moscas gigantes monstruosas mutantes que sugam o sangue do gado e qualquer ser que esteja perdido no mato e suando muito!), não adiantava correr, elas vinham atrás como um enxame de abelhas. De enlouquecer qualquer um! E assim ficaram minhas pernas…

O ataque das mutucas!

Andamos uns 3km até a fazenda mais próxima. A mulher do caseiro estava sozinha com os filhos, meio desconfiada deixou a gente entrar. Ligou pra um conhecido em São Bento que tinha um buggy pra ir buscar a gente e desatolar o fusca. Seu marido chegou logo depois, também ficou meio desconfiado quando viu a gente, mas depois conversou foi muito com Paolo. Enquanto esperavamos o ‘resgate’, Emanoel, filho de 2 anos do casal, contou suas estórias e se divertiu com minha câmera.

Emanoel

Um tempo depois chegou o RESGATE! O cara do buggy trouxe com ele mais 3 bêbados pra ajudar. kkkkkkkk Eles me olharam meio com cara de “isso é coisa de homem” e não me deixaram ir pra ver o desatolamento do fusca. Pelo que soube, eu perdi o melhor e mais engraçado de toda a estória. Imagina 4 bêbados tentando desatolar o carro. Devia ter ido pra filmar a cena… Pelo menos o atolamento ficou registrado!

Depois de desatolar, o fusquinha voltou a funcionar. Já era umas 5h da tarde, voltamos pra Caiçara pra procurar uma pousada. Passamos a noite na Pousada do Farol. Na beira da praia do farol, muito aconchegante e com precinho bom.

No domingo (29/03) de manhã ainda tivemos tempo pra uma voltinha na praia. Muito tranquila! Mas eu tinha que arrumar um jeito de voltar pra casa…

Praia do Farol

O fusca inventou mais uma estória e não queria funcionar, até a buzina disparou sozinha. Teve que ser puxado pra poder ligar, e depois disso não podia mais desligar antes que a gente chegasse em João Câmara! rsrsrs Chegamos lá já era quase meio-dia, o ônibus pra Natal sairia de 12h15. Nos despedimos rapidinho. Eu tinha que voltar pra casa e ele ia continuar a viagem até Fortaleza, mas não sem antes consertar o carro!

João Câmara - Natal

Cheguei em Natal pouco depois das 2h da tarde. O ônibus pra Recife saiu de 15h. Pedi pra descer em Abreu e Lima e peguei outro ônibus pra casa. Cheguei de 20h em ponto.

—-

JOÃO CÂMARA – NATAL: a passagem custa R$9,00. A linha é feita pela Expresso Cabral. Acho que não tem muitos ônibus por dia, não sei ao certo…

NATAL – RECIFE: linha feita pela Progresso, custa R$55,00.

Anúncios

Tags: , , , , , ,

2 Respostas to “RN Mar.2009”

  1. Viviane Sofia Says:

    E aí gente, adorei ler e assistir a aventura de vcs, sou de Olinda, mas moro em Santaa Catarina e fiz mais ou menos o mesmo percurso. É esse “Brasilzão” maravilhoso sempre nos surpreendendo com suas belezas. Mais o diferencial é a maravilha desse FUSCA que Guentaaaa um tranco e não foge da arraia. Parabéns e que venham novas aventuras, com o fusca de preferencia. Valeu Muito BOMMMMM
    BJSSSS

  2. Alagoas Dez.2009 « Não tá no mapa! Says:

    […] Alagoas foi a do Peba. Foi tão legal que até superamos o trauma de atolamento do fusca (ler post RN Mar.2009) e fomos com ele pela areia da praia! Atravessamos com ele um pedacinho de rio que desagua no mar […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: